Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

 

 

No seu primeiro longa, Daniel Ribeiro, transforma seu curta em uma projeção de quase 100 minutos. Consciente das dificuldades e armadilhas que é dar esse próximo passo, realiza-o com cautela e segurança trabalhando em terreno conhecido.

 

Na trama, um adolescente cego descobre novos rumos sobre sua sexualidade com a chegada de um novo amigo no colégio. Preconceito, indiferença e cíumes serão os novos desafios que ele terá que lidar em busca da almejada independência.

 

Um filme leve que trata o tema com delicadeza e que não esconde o preconceito enraizado sobre o assunto, pelo contrário lida-o de frente. Tocante sem ser meloso. Fotografia, direção e elenco em sintonia. Uma obra intimista e imperdível.