Planeta dos Macacos: O Confronto

 

 

10 anos após os acontecimentos em Planeta dos Macacos: A Origem, César e sua colônia de macacos conseguiram a liberdade e vivem em paz. Enquanto isso os humanos enfrentam uma das piores epidemias já registradas. Sem energia elétrica, um grupo de sobreviventes planejam reativar a usina que fica no território dos símios.

 

Matt Reeves consegue estabelecer as consequências da revolução dos bichos de forma convincente. Com uma excelente fotografia, efeitos especiais eficientes e uma boa condução das cenas de ação o filme entrega tudo que se esperava da continuação. Importante destacar o trabalho espetacular do camaleão Andy Serkins com seu desempenho na captura de movimentos.

 

Na guerra entre macacos e seres humanos, percebemos que além de descendermos do mesmo ancestral comum, possuímos mais convergências do que se previa.